Ministério Público firma TAC para assegurar normalidade nos festejos juninos de São Miguel dos Campos

Imprimir
PDF
Partilhar no FacebookPartilhar no Twitter
Tamanho da Fonte:

Com a aproximação das festividades juninas, o Ministério Público do Estado de Alagoas (MPE/AL) tem voltado todas as atenções para garantir segurança e qualidade dos serviços em todos os locais de tradição. Por esse motivo, a promotora de Justiça, Stela Valéria, reuniu, nesta segunda-feira (11), no prédio-sede da Procuradoria- Geral de Justiça, em Maceió, autoridades municipais e das polícias Civil e Militar para firmar um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) para tratar da normatização da segurança, higiene, fluidez do trânsito e outros assuntos pertinentes ao São João de São Miguel dos Campos.

O documento assinado define ordenamento do tráfego, do Comércio, da Segurança- definindo responsabilidades para a Polícia Militar e Guarda Municipal, também para a Polícia Civil e o Conselho Tutelar, ressaltando a questão da higienização e limpeza públicas, além do atendimento médico à população.

“O nosso objetivo é o de garantir o bom desenvolvimento das festividades juninas na cidade no que diz respeito à proteção do meio ambiente, da saúde, à promoção da segurança, do sossego e, consequentemente, do bem-estar dos moradores ou visitantes. O Ministério Público é um parceiro da sociedade e do poder público e prima pela garantia dos direitos de todos.”, declara a promotora Stella Valéria.

Uma das preocupações da 2ª Promotoria de Justiça de São Miguel dos Campos é a queima de fogos de artifícios, para isso a Secretaria de Comunicação, Marketing e Eventos, o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil Municipal se comprometeram com a fiscalização, cumprindo normas de escoamento do público e das precauções necessárias para evitar incêndios. Os organizadores de eventos em locais fechados terão de apresentar um certificado de aprovação do Corpo de Bombeiros.

O sossego da população também está inserido no TAC e não serão permitidos utilização de som, em trios elétricos ou veículos portando caixas acústicas sem autorização. A desobediência pode render apreensão de equipamentos. O alerta se estende a quem é fã dos famosos paredões que estão terminantemente proibidos em qualquer parte da cidade incluindo bares, churrasquinhos ou residências.

Sobre a questão da comercialização de produtos, o Ministério Público foi bem claro em relação aos recipientes de vidros, a entrega de espetos utilizados em churrasquinhos devendo tudo ser repassado e material descartável. Nas áreas de animação a fiscalização será acirrada para coibir a atividade irregular de ambulantes, tabuleiros e barraqueiros, sobretudo a ocupação indevida do passeio público.

Segurança

O município se responsabilizou no sentido de acionar, com antecedência, reforço policial para os principais pontos das festividades fornecendo à Polícia Militar a programação dos eventos. A corporação, por meio do comandante da 1ª Companhia de São Miguel dos Campos se comprometeu em enviar guarnições, diariamente, durante o período do São João, chegando sempre às 22h e permanecendo nos locais até as 4h.Será rígido também o combate ao uso de entorpecentes e inalantes e ao uso de bebidas alcoólicas por menores.

Em cada dia do evento, a Guarda Municipal disponibilizará um efetivo de 80 pessoas e a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), incumbida de assegurar o direito de ir e vir dos moradores das áreas isoladas pelos bloqueios, de controlar os níveis de velocidade dos veículos, estará com 15 agentes , diariamente, no controle do trânsito.

“A festa tem de ocorrer de forma ordenada, respeitando os espaços e normas. Isso foi posto no TAC e o município se comprometeu a condicionar o funcionamento dos pontos de comércio, além de fazer todas as fiscalizações que vão da ocupação dos locais, passando pela segurança na distribuição dos produtos até a higienização”, enfatiza a promotora de Justiça.

Conselho Nacional do Ministério Público Conselho Nacional dos Procuradores Gerais Associação Nacional dos Membros do Ministério Público Colégio de Diretores de Escolas dos Ministérios Públicos do Brasil Conselho Nacional dos Ouvidores do Ministério Público Associação do Ministério Público de Alagoas Tribunal de Justiça de Alagoas