Promotoria de Paripueira celebra TAC para realização de concurso público no município

Imprimir
PDF
Partilhar no FacebookPartilhar no Twitter
Tamanho da Fonte:

O Ministério Público do Estado de Alagoas (MPE/AL), por meio da Promotoria de Paripueira, firmou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) a fim de que a gestão da cidade realize concurso público para provimento de cargos efetivos no âmbito da administração municipal. Com o objetivo de sanar irregularidades na contratação de servidores temporários, o documento ainda determina que o certame seja realizado até março de 2019.

O TAC foi celebrado após a promotora de Justiça Lídia Malta Prata Lima detectar o número excessivo de funcionários contratados temporariamente pela prefeitura de Paripueira, o que desobedece o artigo 37 da Constituição Federal, que permite a contratação de servidores nessa situação desde que atenda as necessidades temporárias de excepcional interesse público.

Em uma das cláusulas ficou definido que até o próximo seis de julho, a prefeitura realizará um levantamento da necessidade de criação de cargos técnicos nas diversas áreas e se há vagas remanescentes de concurso anteriores. Além disso, os gestores de Paripueira deverão fazer um estudo sobre a viabilidade da criação da Guarda Municipal, da Controladoria Interna do Município e do impacto financeiro que as novas admissões causarão na folha de pagamento.

Os levantamentos servirão para saber quais as reais necessidades da administração pública com pessoal e darão o norte para criação de cargos faltantes ou para o preenchimento, por servidores efetivos, das funções exercidas por pessoas não concursadas. O prazo para a abertura dos novos cargos, que devem ser criados por meio de projeto de lei apresentado à Câmara de Vereadores, será de 30 dias após a conclusão dos estudos de viabilidade.

Ainda de acordo com o documento, depois de aprovada a Lei de Criação dos Cargos pela Câmara Municipal, a prefeitura de Paripueira terá 30 dias para licitar a empresa organizadora do concurso. Ficou a certado ainda, nomear, por ordem de classificação os candidatos aprovados no certame dentro do número de vagas previstas no edital.

Conselho Nacional do Ministério Público Conselho Nacional dos Procuradores Gerais Associação Nacional dos Membros do Ministério Público Colégio de Diretores de Escolas dos Ministérios Públicos do Brasil Conselho Nacional dos Ouvidores do Ministério Público Associação do Ministério Público de Alagoas Tribunal de Justiça de Alagoas