Ministério Público assina TAC para garantir segurança e organização do Maceió Verão 2018

Imprimir
PDF
Partilhar no FacebookPartilhar no Twitter
Tamanho da Fonte:

A 1ª Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor, reuniu, nesta quarta-feira (03), representantes de órgãos do poder público e da empresa Branco Promoções de Eventos para a assinatura do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), que garantirá o disciplinamento de todas as medidas de segurança, limpeza e organização do Festival Maceió Verão 2018. O Ministério Público Estadual (MPE/AL) visa a manutenção da ordem no local da festividade, que acontecerá todos os sábados do mês de janeiro, no estacionamento de Jaraguá, já a partir do próximo dia 06.

No documento, ficou detalhado como a Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Secretaria Municipal de Segurança Comunitária e Convívio Social (SEMSCS) montarão a estrutura de segurança no local dos shows. Também ficou acertado quais ruas serão interditadas nos dias do Maceió Verão 2018 e como acontecerá toda logística do evento.

“É preciso atenção redobrada nesse tipo de evento, que este ano ganha uma estrutura diferenciada, já que terá uma parte aberta ao público e outra paga. Cabe ao poder público, aos demais órgãos envolvidos e a empresa privada responsável por todo a organização zelar pelo bem-estar dos cidadãos, como também assegurar a ordem nos divertimentos porque é interesse social. O Ministério Público tem a obrigação de cobrar e, assim, todos foram convocados para assumir seus compromissos e responsabilidades”, ressalta o promotor de Justiça Max Martins.

Como este ano a organização do Festival Maceió Verão 2018 ficou por conta da empresa Branco Promoções de Eventos, vencedora de um processo licitatório, caberá aos diretores da instituição privada a confecção de um projeto, que deverá ser entregue ao Corpo de Bombeiros e Polícia Militar, contendo toda estrutura do evento, quantidade de público esperado e um plano de emergência para casos de tumultos ou a necessidade de esvaziamento rápido do local.

Também caberá a Branco Promoções, a distribuição de banheiros químicos em toda área interna e externa do evento, a contratação de bombeiros civis para atuar na área de shows e de 50 homens para trabalharem como segurança privada nos camarotes, palco e frontstage. Ainda ficou acordado que a empresa dará apoio logístico para órgão públicos que trabalharão na organização do evento.

Segurança

A Polícia Militar de Alagoas (PM/AL), Corpo de Bombeiros (CB) e Secretaria Municipal de Segurança Comunitária e Convívio Social (SEMSCS) deverão trabalhar em conjunto para garantir a segurança do público em todo a região da realização do evento.

No termo de ajustamento ficou acertado que a SEMSCS adotará medias que impeçam, nas vias públicas do entorno do evento, a circulação, venda e consumo de bebidas alcoólicas em vasilhame de vidro e a comercialização de churrasquinhos em espetos de madeira, por parte de ambulantes, comerciantes e público em geral.

Os representantes da PM/AL garantiram que durante os dias de evento o bairro de Jaraguá receberá um maior contingente de policiamento, que será feito a pé, motorizado, montado e aéreo. Já o Corpo de Bombeiros, ficará responsável pela vistoria do local e por disponibilizar viaturas para garantir o socorro do público local, em caso de algum tipo de incidente.

Além disso, a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) ficará responsável pela interdição total, nos dias e horários dos shows, da avenida Cícero Toledo, apenas no sentido Pajuçara - Centro. Já nas ruas Sá e Albuquerque e Barão de Jaraguá o trânsito será liberado.

Multas

Se algum órgão ou organizador dos eventos descumprir as obrigações assumidas, estarão sujeitos a pagar multa de R$ 10 mil. Ficou também estipulado a aplicação de multa no valor de R$ 20 mil caso a empresa Branco Branco Promoções de Eventos não cumpra o que ficou estabelecido.

Assinaram o TAC: Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Secretaria Municipal de Segurança Comunitária e Convívio Social, Fundação Municipal de Cultura (FMAC), Superintendência de Limpeza Urbana de Maceió (SLUM), Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), Superintendência Municipal de Energia e Iluminação Pública (SIMA) e diretores e advogados da Branco Promoções de Eventos.,

O documento também foi assinado por um representante dos ambulantes que trabalharão no evento. Entretanto, eles ainda terão uma reunião com a Secretaria Municipal de Segurança Comunitária e Convívio Social para acertar os detalhes de como e onde acontecerá esse tipo de comércio.

 

Fotos: Anderson Macena

 

Conselho Nacional do Ministério Público Conselho Nacional dos Procuradores Gerais Associação Nacional dos Membros do Ministério Público Colégio de Diretores de Escolas dos Ministérios Públicos do Brasil Conselho Nacional dos Ouvidores do Ministério Público Associação do Ministério Público de Alagoas Tribunal de Justiça de Alagoas